04/05/2017

Guia Primeiro Cosplay


Apesar de ser um hobby já conhecido aqui no Brasil, sempre os de primeira viagem que não tem contato com ninguém pra ajudar(nao deixo de ser um desses), então pesquisei e gostaria de compartilhar sobre do que você vai precisar pra evitar dores de cabeça!;)

1. Personagem 
Dizem que pra fazer cosplay você precisa amar o personagem e saber tudo sobre ele....Desculpem, mas isso é mentira. Cosplay você pode fazer do que quiser! Muitos escolhem o personagem simplesmente por achar seu estilo bem legal e isso é válido. Minha opiniao é que escolhendo dessa forma, que se informem sobre ele até para ajudar em poses para fotos e afins ;)


2. Planos
Independente de como ira confeccionar seu cosplay  é preciso se preparar bem . Para facilitar, divida o seu projeto por partes:
a) Importação - Perucas e lentes
b) Roupas - Parte em tecido
c) Armadura e Armas
d) Maquiagem
LEMBRE-SE: tudo tem um prazo de confecção ou de chegada, então nada de correira de última hora, hein?


Agora vamos aos serviços :

1. Importação 
Algumas coisas para o cosplay não podem ser feitos a mão e geralmente são importados e por isso existem alguns jeitos de conseguir:
▻ Compra Direta: Por esse caminho você pode ir atrás dos produtos como quiser e não terá a taxa de serviço das lojinhas de importação, mas se você for inexperiente em compras do exterior existem maiores chances do seu produto vir de um fornecedor de menor confiança, por isso faça uma pesquisa prévia.

 Lojinhas de importação: Existem muitas pessoas que trabalham com importação de produtos, só que aqui os produtos geralmente são um pouco mais caros já que existe a taxa de serviço da pessoa por importar o produto pra você, mas pelo lado positivo elas já tem um maior conhecimento de fornecedores e há uma menor chance de sofrer calote ou outros perrengues. Geralmente as lojas são páginas de Facebook e uma recomendação: Lady D`Store..

 Grupos de Venda: Lá você encontra tanto produtos novos como usados a pronta entrega, o que é bem útil principalmente quando você precisa de algo com urgência. Mas cuidado com os caloteiros! Sempre procure saber sobre o feedback do vendedor assim como em sites de vendas comuns.




2. Confecção 
Aqui tem dois caminhos: ou você procura por um cosmaker ou faz o cosplay por si só.

 Cosmaker: São aqueles que trabalham com a confecção dos cosplays. Você solicita um orçamento e mediante ao pagamento, recebe o que foi pedido. Existem vários tipos: os que trabalham com tecido, props (armaduras/acessórios), estilização de wigs, calçados, furry e etc, então é muito importante que você vá atrás daquele que tenha um resultado mais próximo do que você deseja ou que o seu bolso permite. 
LEMBRE-SE não compare o preço de um cosmaker com algo importado pois no exterior eles costumam produzir em série o que diminui o preço , enquanto os cosmakers fazem uma peça artesanal e sob medida.

                                                                       ATENÇÃO!
Cheque a lista de espera e prazos dos cosmakers para não acabar perdendo a data que está programando e sempre tenha um plano B. E caso ele diga que não pode não adianta forçar a barra, viu? Todo mundo fica feliz com mais dinheiro no bolso, mas as vezes realmente não dá, principalmente em epócas de eventos grandes.

 Confecção/Tutoriais: Aos que possuem alguma dom a trabalhos manuais talvez a confecção por si só de pelo menos alguma parte do cosplay seja mais em conta, então procure os tutoriais na internet. Existem muitos cosplayers, tanto brasileiros quanto internacionais que disponibilizam o passo a passo de certas peças que mesmo que não sejam exatamente o que você precisa, podem dar uma base e direcionamento para você.



Parece algo trabalhoso, mas o cosplay realmente não é um hobby tão fácil como parece onde todo mundo chega no evento com tudo pronto. Planeje-se e seu esforço vai ser recompensados com nenhuma dor de cabeça. Mas no final das contas o mais importante de tudo é a diversão ;)